topo

menu_csc2
Projeto “Fazendo Música no Percurso da História” faz apresentação no Paraguai

 

Projeto “Fazendo Música no Percurso da História” faz apresentação no Paraguai

 

No mês de outubro, os estudantes do projeto de Iniciação Artística e Cultural “Fazendo Música no Percurso da História”, coordenado pela professora de Educação Musical do Campus São Cristóvão II Rebeca Vieira, fizeram duas apresentações na cidade de Assunção, no Paraguai.  No dia 20/10, se apresentaram no Colegio Experimental Paraguay-Brasil, vinculado à Universidade Nacional de Asunción e, no dia 23/10, no Centro Cultural da  Embajada del Brasil en Asunción.

Com o Concerto Didático “Fazendo Música no Percurso da História”, o grupo apresentou um repertório que abrange gêneros musicais, como maxixe, marcha, choro, samba, baião, música erudita, bossa nova, rock, tropicália e rap, cantando e contando a história da música brasileira.

Acompanhados pelos professores de Educação Musical do CSCII, Ricardo Szpilman e Rebeca Vieira, os alunos do Campus São Cristóvão III, Bernardo Campos, Fernando Andrade, Julia Cruz, Vítor Carvalho, Pablo Carvalho, Tácio Prevatto e Ramon Félix apresentaram o concerto objetivando expressar de forma didática, o percurso histórico da formação da música brasileira e promover o intercâmbio cultural.  Rebeca afirma que “a viagem em si visava proporcionar uma experiência impactante na formação e na vida dos alunos”.

O concerto no Colégio Experimental Paraguay-Brasil, teve a presença de estudantes paraguayos do Ensino Fundamental e do Médio, de professores e do Diretor do colégio Emiliano Ramirez Mencia, que manifestou profundo interesse em estabelecer uma parceria permanente entre as instituições de ensino.

No Teatro Tom Jobim, do Centro Cultural da Embaixada do Brasil em Asunción (CCEBA), a apresentação foi aberta ao público em geral e contou com a presença do Conselheiro da Embaixada, Sr. André Heraclio do Rego, que se surpreendeu com o alto nível da produção e performance musical do grupo, colocando-se à disposição para apoiar futuras apresentações em outras embaixadas.

O Concerto Didático pôde ser realizado através de parcerias e convites pré estabelecidos com o pianista paraguayo José Salinas e a cantora brasileira Nina Castro, que trabalham no setor cultural da Embaixada do Brasil em AsunciónParaguay e do apoio dado pelo Assessor de Relações Internacionais do Colégio Pedro II, professor Flavio Costa Balod, que possibilitaram a concretização do intercâmbio.

Criado em 2015, por uma iniciativa da professora de Educação Musical do CSCII Rebeca Vieira, em conjunto com um grupo de estudantes formandos do 9º ano do Ensino Fundamental do Campus São Cristóvão II, o projeto “Fazendo Música no Percurso da História” é uma proposta de Iniciação Artística e Cultural que visa ao desenvolvimento das habilidades musicais por um viés investigativo e criativo e conta com o apoio da Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa, Extensão e Cultura (PROPGPEC), da Direção do Campus de São Cristóvão II e do Departamento de Educação Musical do Colégio Pedro II.

O projeto prioriza atender as demandas internas dos eventos do colégio, direcionando-se ao seu principal público-alvo, a comunidade escolar.

O grupo irá se apresentar no dia 08/11, no II Festival Interuniversitário de Cultura do Rio de Janeiro, que será realizado no Espaço do Fórum de Ciência e Cultura da Universidade Federal do Rio de Janeiro, no Flamengo, onde participará de um painel sob a temática “O desafio da inclusão no espaço da Escola Pública, no âmbito de ação do professor de música”, relatando sua experiência e participando de uma mostra musical.  “A participação nesse evento é muito pertinente, pois somos um grupo inclusivo, formado por pessoas de diferentes etnias, classes sociais, gênero e portadores de necessidades especiais, unidos através da música.” – enfatiza Rebeca.

Para 2018, há pretensão de se levar o Concerto Didático “Fazendo Música no Percurso da História” para outras embaixadas e buscar parcerias locais para a divulgação do trabalho do grupo em outros espaços educacionais e culturais como, universidades e centros culturais.

Como foi a experiência...

  

Coordenadora do Projeto e professora de Educação Musical do CSCII Rebeca Vieira

“Já tinha a expectativa de que seria uma experiência enriquecedora culturalmente para os alunos, mas a forma como tudo aconteceu e as oportunidades dos encontros com a cultura local superaram minhas expectativas. Com certeza, conhecemos um Paraguai do qual não está descrito nos livros de história.”

Professor de Educação Musical do CSCII Ricardo Szpilman

“A viagem ao Paraguai com a Professora Rebeca Vieira e o seu grupo musical formado por alunos foi uma experiência fantástica! Um belo projeto da Professora!

 Agradeço muito ao convite e ao Colégio Pedro II pela oportunidade! Importante para mim, para cada um dos integrantes, para o Brasil, para o Colégio (que se fez representar) e para o Paraguai também. Pudemos estreitar laços, trocar experiências, conhecer um pouco da cultura paraguaia, muito bonita com suas guarânias, suas tradições, que envolvem por exemplo a língua Guarany como uma prática comum por lá, principalmente no interior.

Tocar com nossos alunos e com a Professora Rebeca foi maravilhoso, todos muito talentosos! Representamos o Brasil, nossa tão rica cultura brasileira e nosso amado Colégio Pedro II. Todos ficaram muito felizes de nos ver e conviver conosco, desde as pessoas mais simples até os funcionários da embaixada brasileira. Tivemos contato principalmente com estudantes e músicos, tocamos com estes e crescemos como pessoas e como artistas, deixando uma mensagem de paz, de amor, de respeito e principalmente de fraternidade.

Isso, permito-me dizer, tratando-se da relação com um povo que tanto nos respeita, admira e nos trata com muito afeto, me parece incrível e lindo!  Foi uma aula fantástica de história e de humanidade. Como disse Gandhi: “Não há um caminho para a paz, a paz é o caminho”.” 

Aluno do CSCIII e integrante do grupo Vítor Carvalho

"Apresentar no Colégio Experimental Brasil Paraguay de forma a promover um intercâmbio cultural foi, definitivamente, inesquecível! O enriquecimento pessoal de tocar, conversar e interagir com alunos e professores de uma nação vizinha é simplesmente inegável. Dentre todas as incríveis experiências, essa foi, de certo, a mais marcante."

Alunos do CSCIII e integrantes do grupo Pablo Carvalho, Tácio Prevatto e Julia Cruz

"Tocar na embaixada foi uma experiência de um reconhecimento do trabalho feito há anos por nós e pela Professora Rebeca Vieira, um momento muito importante de fortalecer laços do Colégio Pedro II com a comunidade Paraguaya, através da música. Além disso, tivemos contato com equipamento profissional o qual nos foi emprestado por músicos locais e nos deixou fascinados! Tivemos a oportunidade de nos apresentar em um teatro incrível, conhecemos um pouco como funciona o sistema de som e luz, e como os profissionais da área são fundamentais em qualquer tipo de produção. Ao suporte deles, só temos a agradecer".

Ana Claudia Prevatto, responsável pelo aluno Tácio Prevatto

 “Nós da família Prevatto, deixamos aqui registrado nossa enorme gratidão e admiração pela professora Rebeca Vieira e pelo professor Ricardo Szpilman, não só pela iniciativa desse intercâmbio enriquecedor e inesquecível para todos nós, mas também pela proposta do projeto em fazer música no percurso da história, apresentando aos nossos jovens o melhor da música brasileira.

Nós tivemos a oportunidade de acompanhar a emoção de todos os participantes, e o quanto foi valioso o contato com outra cultura nesta viagem.

Agradecemos imensamente ao José Salinas e à Nina Castro por nos receber com generosidade, sempre solícitos, e que, além disso, foram um elo importante na realização desse magnífico evento.”

Marisa Fernandes Cruz, responsável pela aluna Julia Cruz

“A experiência que vivenciamos nesta viagem por meio do projeto Fazendo Música no Percurso da História foi por demais gratificante, não só porque foi lindo ver nossos jovens respirando cultura e música 24 horas por dia, mas também porque nos foi possível contemplar a relação de amizade e cumplicidade entre nossos filhos e os professores Rebeca Vieira e Ricardo Szpilman. Igualmente gratificante foi ver a admiração do povo paraguaio pela música brasileira e o carinho com que nos receberam nos eventos dos quais participamos. Parabéns a todos!

Márcia Cristina Campos de Almeida Carvalho, responsável pelo aluno Vítor Carvalho

“Estudar no Colégio Pedro II é um privilégio! Todos os alunos merecem um colégio como esse, com professores competentes, qualificados e dedicados, que levam a sério a missão de educar, com uma equipe de direção que apoia e incentiva as iniciativas de alunos e professores. Educar é mais que ensinar Matemática, Português e as demais disciplinas. Educar é mostrar novas culturas, valorizar as nossas, desenvolver diferentes formas de expressão. Essa viagem ao Paraguai com os integrantes do Projeto Fazendo Música no Percurso da História significou mais do que um concerto musical. Foi um intercâmbio de experiências muito marcantes para os alunos e também para os pais. Para os alunos, um momento de coroação da dedicação e do talento de cada um. Para os pais, nada melhor que ver seus filhos valorizando a formação integral oferecida por uma escola pública. Além disso, nesses momentos, percebemos a importância da relação entre professores e alunos dessa instituição. Que outros alunos possam ter experiências como meu filho Vítor Carvalho teve! Obrigada, Colégio Pedro II! Obrigada, Professora Rebeca Vieira!”

Setor de Comunicação Social/CSC II

COLÉGIO PEDRO II - CAMPUS SÃO CRISTÓVÃO II
Campo de São Cristóvão, 177 - São Cristóvão
Rio de Janeiro - RJ - CEP: 20921-903
CNPJ: 42.414.284/0011-84
Tel.: (21) 3891-1095 / Fax: (21) 2580-2729
Problemas no site, entre em contato - site@csc2cp2.net